Loja Primeira Idade Bebê e Gestante - www.primeiraidade.com.br site de vendas online

Loja Primeira Idade Bebê e Gestante - www.primeiraidade.com.br site de vendas online
Tudo para o enxoval do bebê e da gestante!

Loja Primeira Idade | Bebê e Gestante | www.primeiraidade.com.br site de vendas online de bebê

LOJA PRIMEIRA IDADE GESTANTE E BEBÊ COM LOJA ONLINE www.primeiraidade.com.br

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Fiscalização começa na quarta-feira dia 01-09-2010

A atual regulamentação, assim como a anterior, estipula que as crianças menores de 10 anos sejam transportadas no banco de traseiro dos veículos, mas prevê a obrigatoriedade do uso de cadeirinhas de retenção para crianças de até 7 anos e meio.
Outra novidade é que a lei determina a utilização de cadeirinhas de acordo com a idade de cada criança. Por exemplo, as crianças de até 1 ano de idade deverão ser transportadas no bebê-conforto. As que têm entre 1 e 4 anos em cadeirinhas, que já são normalmente utilizadas, e as de 4 a 7 anos e meio de idade deverão ser transportadas em assentos de elevação.
Mais importante todos estas cadeiras deverão conter o selo de imetro e cinto de 03 ponto.

Confira mais novidade no nosso site. http://www.primeiraidade.com.br/

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Almofada anti-refluxo.

A almofada anti-refluxo infantil deve ser utilizada entre o colchão, para que aumente o ângulo de inclinação.
Proporcionando mais segurança para seu filho (a).
A almofada mantém o tronco em uma posição elevada.
Espuma de alta densidade.
Fácil de transportar.
Medida 12 cm X 60cm X 88 cm.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Roupas para amamentação

Temos vários modelos de roupas que facilitam a mamãe na hora de amamentar seu filho (a), proporcionando mais conforto e segurança.
Trabalhamos com a linha social, esportiva, com tecidos super fino e malhas frescas e coloridas.
Você vai se surpreender com nossos modelos Primavera / Verão.2011


http://www.primeiraidade.com.br/

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Jóias primeira idade

Entrem no nosso site e confiram nossas jóias para o bebê e as mamães!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Decoração provençal

Tecidos, madeira, ferro, papéis e até silicone e acrílico podem ser reunidos na decoração e esta união resultar em projetos sofisticados , sem perder o clima acolhedor e delicado que envolve um quarto de bebê.

O estilo provençal também está fortíssimo na decoração dos bebês , criando ambientes bem diferenciados.Veja alguns modelos de luminárias !!!!!

http://www.primeiraidade.com.br/

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

A Mulher e o Aleitamento.

Os Seios Durante a gravidez.

A mama é um órgão formado por tecido glandular, constituído por alvéolos, que têm como função a secreção de leite, por tecido de suporte e tecido adiposo, que isola e protege dos choques. Os alvéolos dispõem de tubos axcretores ou dutos que confluem em canais mais largos, os seios galactóforos, que vão confluir no cimo do mamilo.

Este último é contornado pela auréola mamária, uma zona circular de pele mais escura, com pequenas saliências irregulares de origem glandular, denominadas glândulas de Montgomery.

Logo durante as primeiras semana de gestação, devido à ação de alguns hormônios, tais como os estrogênios e a progesterona, os seios icham e pode verificar-se um sensação de tensão e peso. A auréola mamária escurece e as glândulas de Montgomery ficam mais salientes pois estão prontas para a secreção de um fluido oleoso que lubrifica e protege o mamilo durante a mamada. Por volta de quatro mês de gestação, pode começar a sair colostro do mamilo; isto não é índice de uma futura produção de leite particularmente abundante.
Em consequência do aumento de volume, a pele dos seios, que tem uma importante função de contenção e suporte, tende geralmente a relaxar e podem formar-se estrias avermelhadas, causadas pela laceração das fibras elásticas da parte profunda da cútis, denominada derme.

Mais informações site: http://www.primeiraidade.com.br/

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Modalidades de Aleitamento

A maior parte dos recém-nascidos aleitados ao peito necessita, inicialmente, de 8-12 mamadas ao longo das 24 horas. A distribuição das mamadas ao longo do dia varia de bebê e não tem regras fixas. É preferível aleitar o bebê quando ele o ¨pedir¨, sempre que dê sinais de ter fome, por exemplo move a cabeça de um lado para o outro, suga a mãozinha, abre a boca e coloca a língua para fora. Nem sempre um bebê com fome chora, porque o choro é um sinal tardio de fome. Mais do que pelo relógio a mãe deve deixar-se guiar pelo seu instinto e pela sua experiência, os quais lhe permitem perceber quando o bebê tem fome.

 A Obstetra aconselha...
Depois dos primeiros dias, quando a produção do leite estiver estabilizada, mesmo mantendo o aleitamento a pedido é melhor respeitar intervalos de pelo menos duas/ três horas entre uma amamentação e outra, para evitar ritmos muito duros para a mãe, que não lhe deixam tempo para o descanso de que tanto necessita e para lhe permitir organizar melhor a vida social.

O aleitamento em horário fixo, para garantir a satisfação das necessidades nutritivas diárias, é aconcelhável para os bebês ¨preguiçosos¨, que sugam com pouca energia (por exemplo, bebês com icterícia neonatal). Estes bebês devem ser acordados frequentemente e alimentados com mamadas breves e frequentes.

A Psicóloga aconselha...

O aleitamento em horário livre (sempre que o bebê quizer) instaura uma relação entre a mãe e o bebê baseada na confiança do recém-nascido em receber a justa satisfação  das necessidades. Nos primeiros meses de vida, sugar o leite materno não significa exclusivamente alimentar-se mas sim emotivamente.A segurança do bebê, baseada na certeza de ser amado, a sua tranquilidade e o seu equilíbrio pelo modo como é amamentando.

Posicionar o bebê para que ele pegue bem a mama.

Para  que o bebê se encontre nas melhores condições para sugar o leite materno de modo suficiente, com o mínimo esforço, é importante que ele pegue bem a mama. Dado que a mamada pode durar poucos minutos ou mais de meia hora, é aconcelhável que a mãe se sente num local tarnquilo, que lhe permita relaxar, e encontre a posiçaõ mais confortável parta si e para o bebê. Para aleitar corretamente, a mãe  não deve baixar o busto para cima do bebê, mas deve ser o bebê que deve ser aproximado ao peito.
  • O bebê deve estar na posição horizontal,
  • Virado para o corpo da mãe, barriga contra barriga,
  • Com o nariz em frente ao mamilo e os joelhos à altura da outra mama,
  • Seguro por um ou ambos os braços da mãe.
Mais informações site: http://www.primeiraidade.com.br/

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Semana da Amamentação.

Semana Mundial de Amamentação: aleitamento materno até os 2 anos de idade reduz morbidades e melhora a nutrição


A partir do dia 02 de agosto, as mães brasileiras serão informadas sobre os benefícios da amamentação prolongada e de uma alimentação adequada para a saúde do bebê. A importância do aleitamento materno até os 2 anos de idade e a complementação da amamentação1 após os 6 meses de vida foram os temas escolhidos pelo Ministério da Saúde para divulgação durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno.

Há 14 anos o Brasil, em conjunto com 150 países, promove campanhas sobre os benefícios do aleitamento materno. Neste ano, por acreditar que o tema poderia confundir as mães, o Ministério da Saúde não utilizará o lema da Semana Mundial de Aleitamento Materno, que é "Do peito à comida caseira: saúde a vida inteira". O objetivo é fazer com que as mulheres entendam a importância de amamentar. Durante toda a campanha, as mães serão orientadas por especialistas em nutrição e representantes de organizações não-governamentais sobre as vantagens de oferecer uma alimentação saudável para crianças com até um ano de vida.
"As crianças que mamam no peito após um ano de idade, no mínimo duas vezes ao dia, conseguem garantir pelo menos 40% das necessidades nutricionais diárias. Além disso, as mães continuam garantindo uma ótima produção de anticorpos para defender essa criança de doenças",

O desmame precoce acarreta prejuízos tanto para os bebês como para as mães. A doença mais comum nas crianças é a diarréia, que leva muitas vezes a criança à desnutrição e à predisposição a outras infecções, como as respiratórias e as de ouvido, podendo levar à morte. As mães que amamentam mais seus filhos também reduzem o sangramento pós-parto e a possibilidade de desenvolver anemia.

Mais Informações site: http://www.primeiraidade.com.br/

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A Importância da Amamentação

Quando o bebê mama no peito, ele recebe o melhor e mais adequado alimento para atender às necessidades de seu organismo. O leite materno protege contra várias doenças, assim como proporciona a continuação do vínculo entre mãe e bebê.
Ao amamentar, a mãe também usufrui de grandes benefícios, por exemplo, prevenção de câncer de mama e de colo do últero, contole do sangramento no pós-parto e perda de peso.
Para a família, em geral, a amamentação também traz benefícios econômicos e ecológicos.

Tipos de leite:
Colostro: Amarelo-alaranjado
Leite de transição:Cor de manteiga
Leite maduro, aguado: Branco 

Capacidade do estômago do bebê:
O bebê nasce com reservas, portanto, é comum perder peso. Conhecer o volume aproximado do estômago do bebê deixará a mãe mais tranquila e segura quanto à produção do leite.
1º Dia 5 ml a 7 ml
3º Dia 22 ml a 27 ml
7º Dia 60 ml a 80 ml

Perguntas mais frequentes:
Existe leite fraco?
Não

O bebê dorme muito. Preciso acordá-lo para mamar?
Sim

É preciso definir o horário entre as mamadas?
Não

O que é mais importante, o tempo entre as mamadas ou a frequência?
A Frequência 

Qual a frequência com que se deve amamentar o bebê?
No mínimo, oito vezaes ao dia.

Em casa, como saber se o bebê esta mamando bem?
Verificar a freqência das mamadas, da eliminação do xixi e das fezes.

O que fazer para manter a produçaõ do leite?
Alimentação balanceada, não fazer dieta, repousar e amamentar com frequência.

Mais informações no site: http://www.primeiraidade.com.br/